Apple | Você já pode baixar seus dados coletados e armazenados pela empresa

Apple | Você já pode baixar seus dados coletados e armazenados pela empresa

De modo a deixar tudo o mais transparente possível, a Apple agora permite que seus usuários baixem uma cópia de todos os dados coletados pela empresa, incluindo as atividades na App Store e no iTunes, bem como informações de conta e do dispositivo associado ao Apple ID, histórico de suporte da AppleCare, movimentações na loja online e em outras de varejo, e muito mais. A ferramenta está disponível no novo site de dados e privacidade da Maçã apenas para os países europeus, mas a companhia promete que chegará para os demais territórios em breve.

A novidade abre as portas dos servidores da empresa de Cupertino, permitindo aos usuários terem ciência de tudo o que a companhia sabe sobre eles. É possível, inclusive, corrigir qualquer informação incorreta que a empresa tenha coletado. Também é possível desativar temporariamente a conta e impedir que ela seja usada novamente até que seja reativada ou então excluída completamente. Quando uma conta da Apple é removida, todos os dados associados a ela desaparecem junto.

A posição da Apple é bastante clara, e também parece ser uma resposta prática a todo o escândalo envolvendo o Facebook e a Cambridge Analytica – um mal necessário, uma vez que agora as empresas e clientes finalmente estão se informando sobre quais tipos de dados são coletados e como eles são usados. Além do mais, as novas regras da União Europeia estão forçando todos os grandes nomes da tecnologia a serem mais transparentes, de modo a cumprirem o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR).

O download dos dados inclui as seguintes informações:

  • Atividades na App Store, iTunes Store, iBook Store e Apple Music
  • Conta Apple ID e informações do dispositivo
  • Loja online da Apple e atividade de lojas de varejo
  • Histórico de suporte do AppleCare, solicitações de reparo e muito mais
  • Atividade no Game Center
  • iCloud: favoritos, lista de leitura, calendários, lembretes, notas e contatos
  • Relatório de problemas
  • Assinaturas de material de marketing, downloads e outras atividades
  • Outros dados

É possível optar por fazer o download de todos esses dados ou selecionar apenas alguns deles individualmente. A Apple permite que o usuário baixe os arquivos e documentos do iCloud Drive, do iCloud Mail e do iCloud Photos mesmo que sejam grandes demais e levem algum tempo para concluir.

Vale ressaltar, porém, que a Maçã pede uma semana para processar uma cópia dos dados do usuário, para então enviar a solicitação de download. De acordo com a companhia, esse tempo é para verificar se o pedido foi realmente feito pelo usuário, de modo a garantir a segurança das informações pessoais do cliente.

Os dados contendo o uso dos aplicativos e as informações de atividades são fornecidos em planilhas ou arquivos nos seguintes formatos: JSON, CSV, XML ou PDF. Já os contatos, calendários, marcadores e correspondências são entregues em VCF, ICS, HTML e EML. Por fim, os documentos, fotos e vídeos são enviados em seus formatos originais.

Além do mais, a Apple permite que o usuário selecione o tamanho de seus arquivos para facilitar o download, oferecendo pacotes de 1 GB até 25 GB, e dividindo automaticamente os dados no processo.

Fonte: Cult of Mac

Fonte: Canal Tech

Nenhum comentário

Comentários Facebook