Autenticação de dois fatores do Facebook deixará de exigir o número de telefone

Autenticação de dois fatores do Facebook deixará de exigir o número de telefone

Segundo um anúncio do Facebook feito nesta quarta-feira (23), os usuários que não quiserem compartilhar seus números de telefone com a rede social poderão optar por outros métodos de autenticação de dois fatores como, por exemplo, aplicativos de geração de códigos.

A autenticação de dois fatores é um método de proteção para o usuário contra acessos não autorizados em sua conta, e exige mais um tipo de confirmação de identidade além do login e senha. Até esta quarta-feira (23), o Facebook exigia que os usuários, ao criar uma conta, fornecessem os seus números de telefone móvel. A rede social, então, mandava um código por meio de SMS para o número cadastrado para que então o usuário confirmasse a posse do número. Entretanto, as mudanças anunciadas visam métodos de autenticação ainda mais seguros que o envio de token por SMS, como aplicativos geradores de código e tokens de hardware.

Notificações excessivas e spams

Em fevereiro, usuários do Facebook reclamaram que recebiam notificações excessivas via SMS no número fornecido durante o cadastro, o que a rede social disse ter sido causado por falhas não intencionais. 'A última coisa que queremos é que as pessoas evitem recursos úteis de segurança porque temem receber notificações não relacionadas', comentou Alex Stamos, diretor de segurança do Facebook, sobre as reclamações feitas pelos usuários.

Mudanças

Imagens mostram as opções alternativas a quem não quer fornecer o número de telefone ao Facebook (Imagens: Divulgação / Facebook)

'Se detectarmos um login suspeito, por exemplo, em um dispositivo que você nunca usou antes, sempre solicitaremos o segundo fator. Este código pode ser enviado para o seu telefone via SMS, ou, se você optar por não fornecer um número de telefone, um aplicativo de autenticação de terceiros”, informou um post no blog administrativo da rede social.

Fonte: Gizmodo

Fonte: Canal Tech

Nenhum comentário

Comentários Facebook