Gestão: usando indicadores com Balanced Scorecard (BSC)

Cada vez mais as empresas possuem mais desafios, mais áreas de atuação, mais métricas a acompanhar. Nesse universo de cada vez maior complexidade, surgiu a necessidade de se criar uma ferramenta de gestão que ajudasse os administradores, desta forma, Robert Kaplan, Professor da Harvard Business School, criou o BSC ( Balanced Scorecard ), cujo propósito, nas palavras de Robert, é “traduzir a missão e a estratégia das empresas em um conjunto abrangente de medidas de desempenho que serve de base para um sistema de medição e gestão estratégica”.

Devo adotar o BSC – Balanced Scorecard?

Muitas empresas por todo o mundo tem adotado o BSC em sua gestão. Só para ter uma ideia de sua abrangência e sucesso, mais de 40% das empresas que compõem o Fortune 100 já utilizam o Balanced Scorecard como ferramenta de gestão estratégica e melhoria do desempenho. Os resultados observados são entusiásticos: maior lucratividade, crescimento no market share (participação no mercado), aumento de faturamento, fidelização de clientes, retenção do capital humano, entre outros que foram atribuídos ao acompanhamento possibilitado pelo BSC.

Desta maneira, se você quer uma ferramenta fácil de implementar, quer ter na mão a qualquer hora indicadores que resumem sua empresa, facilitando a gestão e indicando o melhor caminho para investir esforços, você deve pelo menos experimentar o BSC por um tempo e realizar a sua análise própria!

Os Pilares do BSC – Balanced Scorecard

São quatro os grandes pilares que o BSC se baseia, confira:

  • Financeiro: Para que a empresa seja considerada saudável financeiramente, há vários indicadores que são analisados pelos especialistas financeiros. Com o BSC, você tem facilmente em mãos esses indicadores para acompanhamento e análise
  • Cliente: Quais são os indicadores que podem dar a empresa a certeza de que ela está sendo vista e reconhecida pelos clientes, da maneira correta, assim como ela planejou?
  • Processos Internos: Em quais processos devemos alcançar excelência para satisfazer nossos investidores e clientes? Em quais precisamos realizar correções? Em quais processos precisamos realizar maiores investimentos?
  • Aprendizado & Crescimento: Para alcançarmos os nossos objetivos propostos, como iremos aumentar nossa capacidade de mudar e melhorar? Como e onde iremos inovar?

BSC-1

BSC na prática

O BSC está aí para ser utilizado pelos administradores que precisam gerir seus negócios de maneira mais eficiente e para trazer melhores resultados às organizações, trazendo praticidade para um mundo corporativo cada vez mais complexo.

Confira os principais indicadores utilizados para a criação do BSC – Scorecard:

Dimensão Financeira:

  • Rentabilidade sobre o patrimônio líquido
  • Valor econômico agregado
  • Liquidez corrente
  • Crescimento da receita
  • Margem bruta
  • Geração de caixa
  • Vendas

Mercado e Clientes:

  • Participação no mercado
  • Imagem
  • Conhecimento
  • Fidelidade
  • Insatisfação
  • Satisfação
  • Reclamações dos clientes
  • Relacionamento

Gestão de Processos:

  • Conformidade do produto em relação ao padrão
  • Conformidade do serviço em relação ao padrão
  • Produtividade
  • Eficiência operacional
  • Conformidade do processo crítico
  • Variabilidade do processo crítico
  • Flexibilidade
  • Desperdício
  • Qualidade do planejamento
  • Qualidade resultante do processo crítico de apoio
  • Eficácia do Sistema de Qualidade

Aquisição e Fornecedores:

  • Qualidade dos produtos e serviços críticos fornecidos
  • Produtividade de Aquisição
  • Eficácia da garantia da qualidade
  • Relacionamento

Ambiente Organizacional:

  • Satisfação com a liderança
  • Implementação estratégica
  • Capital intelectual
  • Habilidade dos líderes
  • Qualidade do sistema de informações
  • Acesso às informações corporativas

Pessoas:

  • Retenção de pessoas-chave
  • Conhecimento / Habilidade
  • Satisfação
  • Comprometimento
  • Competência
  • Poder
  • Melhoria contínuae produtividade
  • Eficácia do treinamento
  • Volume de treinamento
  • Avanço na carreira
  • Equidade de remuneração
  • Bem-estar
  • Reconhecimento
  • Segurança
  • Participação

Inovação:

  • Tempo para recuperar o investimento
  • Receita de novos produtos
  • Conformidade de projeto
  • Geração de ideias
  • Aceitação de novos produtos

Responsabilidade Pública:

  • Conformidade social
  • Imagem pública
  • Conformidade ambiental
  • Custo ambiental
  • Investimento em responsabilidade social
  • Divulgação
  • Risco ambiental
  • Passivo ambiental

Neste artigo é só… Se você tem algum complemento, opinião ou experiência com Balanced Scorecard (BSC), por favor, compartilhe nos comentários abaixo!

Fonte: Profissionais TI

Nenhum comentário

Comentários Facebook