Tutorial: Criar arquivo .BAT com menu

Opa, pessoal!

Hoje gostaria de compartilhar com vocês um conhecimento que todo profissional de TI deve ter na sua bagagem que é trabalhar com linha de comando. 

Em muitos casos da minha vida neste ramo foi o que me salvou. Por exemplo: recuperar arquivos, corrigir problemas de sistema, entre outros.

É um conceito antigo, mas, acredito que assim como eu, tem muito profissional desta área, principalmente os antigos, que trabalharam muito com o DOS e que ainda utilizam e muito. O pessoal que trabalha com sistemas baseados em Unix, por exemplo, também sempre defendem o uso do Bash para trabalhar com linhas de comando.

Aqui neste tutorial, irei demonstrar como criar um simples arquivo de lote .BAT para podermos executarmos algumas tarefas. Arquivos .BAT, são arquivos de lote que armazenam diversas instruções para serem executadas. 

No próximo tutorial, pretendo mostrar como agendar tarefas para serem executadas em tempo pré-determinado usando também arquivos .BAT.

Neste tutorial estarei utilizando o Windows 10, porém, o procedimento não muda muito de uma edição do Windows para outra.

Primeiro passo para criarmos o arquivo .BAT é abrirmos o bloco de notas. Existem algumas formas de abrirmos um bloco de notas. Aqui iremos clicar com o botão direito do mouse no canto inferior esquerdo da tela, bem em cima do botão do Windows e depois clicar com o botão esquerdo do mouse em Executar.

Captura de Tela 2016-07-08 às 15.32.49

Na janela que abrir iremos digitar notepad e depois clicar em OK.

Captura de Tela 2016-07-08 às 15.33.18

Com o bloco de notas aberto, iremos digitar as instruções como nas imagens a seguir.

No fim do artigo deixarei o link do código caso queiram baixá-lo.
Captura de Tela 2016-07-11 às 08.38.53

Captura de Tela 2016-07-11 às 08.39.18

Captura de Tela 2016-07-11 às 08.39.57

Uma breve explicação sobre os comandos: o CLS limpa a tela, o ECHO mostra as mensagens na tela, GOTO vai para a opção desejada, lembrando que a opção aparece com os : (dois pontos)COLOR altera as cores do prompt de comando. O PAUSE dá um break na tela aguardando apertar qualquer tecla. O comando SET aguarda teclar uma opção estipulada pelo comando IF. Estes são os comandos básicos usados em um arquivo de lote. O parâmetro EQU utilizado no IF, se refere a comparação de igualdade (=). O parâmetro GEQ se for igual ou maior à opção selecionada.

Na instrução que coloquei para a limpeza de lixeira, só irá achar o arquivo $RECYCLE.BIN, se a lixeira estiver com  algum arquivo dentro, caso contrário, no ato da execução do arquivo .BAT, irá aparecer a mensagem que o arquivo não foi encontrado. Para o backup utilizei o XCOPY, pois diferente do comando copy, este copia diretórios e subdiretórios. As outras opções, foi utilizado o comando CHDSK, que é o comando interno do sistema e que checa o disco contra erros. O  CONTROL.EXE abre o painel de controle, DATE /t mostra a data atual, $COMPUTERNAME$, mostra o nome do computador e $USERNAME$ o nome do usuário logado. Este é só um programinha de exemplo, aplique a sua criatividade :)

Continuando, depois de editar o arquivo de bloco de notas, iremos no menu Arquivo e depois em Salvar como. Caso seja um bloco de notas novo e não esteja substituindo nenhum arquivo, clicando em Salvar também irá abrir a tela para selecionar o nome do arquivo a ser salvo. 

Captura de Tela 2016-07-08 às 15.45.10

Após clicar em Salvar como, abrirá a janela para selecionar o caminho onde deseja salvar e colocar o nome desejado. Iremos salvar na Área de trabalho (Desktop) mesmo e no caso do campo Nome:, iremos colocar o nome e extensão entre “(aspas), pois, como o campo Tipo está como Documento de texto, se não colocar aspas vai adicionar ainda uma extensão .TXT. Mas, também podemos salvar selecionando Outros arquivos no campo Tipo, assim não precisamos colocar aspas. Aqui no exemplo foi colocado Script Manutenção.bat e depois é só clicar em Salvar.

Captura de Tela 2016-07-08 às 15.45.47

Agora que o arquivo está criado, iremos testá-lo. Com o botão direito em cima do arquivo criado, clicaremos em Executar como administrador. Vamos executar como administrador, pois o comando para a limpeza da lixeira necessita de permissões elevadas.

Captura de Tela 2016-07-08 às 15.46.28

Clicaremos em Sim para aceitar a execução do programa. 

Captura de Tela 2016-07-08 às 15.46.40

Pronto, agora o aplicativo está sendo executado no prompt de comando.

Captura de Tela 2016-07-08 às 15.47.07

Ao selecionar a opção 1, a lixeira foi esvaziada.

Captura de Tela 2016-07-08 às 15.48.29

Ao selecionar a opção 3, o escaneamento de disco será iniciado. Aqui, esqueci de colocar um parâmetro que é o /F e que corrige erros automaticamente.

Captura de Tela 2016-07-08 às 15.49.03

Na imagem a seguir, como coloquei uma opção que não tem no menu, aparecerá como “Opção Inválida” como descrito anteriormente nos comentários sobre os parâmetros.

Captura de Tela 2016-07-08 às 15.50.09

Acredito que é isso aí! É um programinha simples, mas a intenção aqui é explicar o funcionamento de um arquivo .BAT e então cada um utilizar a sua criatividade para criar seu aplicativo.

Como mencionei anteriormente segue o link para o repositório do arquivo: github.com/lqgusso/arquivobat

Espero que seja de grande ajuda. No próximo artigo pretendo mostrar como automatizar estas tarefas sem a intervenção do usuário.

Abraços e até a próxima.

Fonte: Profissionais TI

Nenhum comentário

Comentários Facebook