Como criar pastas com nomes protegidos (COM, AUX, LPT) no Windows

Alguns nomes são “protegidos” pelo sistema e não podem ser utilizados para a criação de pastas no Windows, desde versões anteriores, por serem nomes utilizados em conexões de dispositivos como, por exemplo, o nome COM1 que era utilizado pela porta Serial do Mouse, ou o LPT1 utilizado para a Impressora, enfim…

Neste artigo mostro como você pode criar as pastas utilizando estes nomes “protegidos” pelo sistema operacional Windows.

Alguns nomes “protegidos” no Windows:

  • AUX
  • PRN
  • CON
  • NUL
  • COM1, COM2, COM3, COM4, COM5, COM6, COM7, COM8 e COM9
  • LPT1, LPT2, LPT3, LPT4, LPT5, LPT6, LPT7, LPT8 e LPT9

pasta10

Passo 1

Ao tentar criar uma pasta com um dos nomes protegidos direto no Windows você recebe a seguinte mensagem de erro:

Ex: Desktop> Botão Direto > Novo > Pasta > Digite: AUX

pasta01

Passo 2

Ao tentar criar a pasta AUX via Prompt de Comando você recebe a seguinte mensagem de erro:

C:\Users\Marcos\Desktop>md 

pasta02

Passo 3

Criando as pastas com os nomes “protegidos”. Este processo funciona apenas via Prompt de Comando. Entre no diretório C: e digite o comando em seguida:

C:\Users\Marcos\Desktop>cd \

C:\>md \\.\C:\Users\Marcos\Desktop\AUX

pasta03

Passo 4

Visualize a pasta criada (pode ser necessário pressionar a tecla F5 no Desktop para visualizar a pasta).

pasta04

Passo 5

Você pode colocar arquivos dentro da pasta e trabalhar com ela normalmente, porém, você não consegue excluir a pasta, somente seu conteúdo.

pasta05

Passo 6

Ao tentar excluir a pasta AUX é exibida a mensagem abaixo confirmando a exclusão permanente da pasta, mas isso não ocorre por ser uma pasta com um nome “protegido no Windows, sendo assim apenas seu conteúdo é excluído.

pasta06

pasta07

Passo 7

Para excluir permanentemente a pasta, deve-se entrar no Prompt de Comando utilizando o comando rd.

C:\>rd \\.\C:\Users\Marcos\Desktop\AUX

pasta08

Resultado:

pasta09

Finalizando

Abaixo deixo um vídeo explicando como criar pastas com nomes protegidos no Windows. Em caso de dúvidas, deixe seu comentário logo abaixo!

Fonte: Profissionais TI

Nenhum comentário

Comentários Facebook