Suas fotos sumiram do Android? Aprenda a recuperá-las neste passo a passo

Suas fotos sumiram do Android? Aprenda a recuperá-las neste passo a passo

De uns anos para cá — especificamente, na atualização do Android Nougat para o Oreo —, alguns aparelhos com o sistema operacional da Google vêm apresentando uma alteração que deixa os usuários mais casuais de cabelos em pé: sem aviso prévio, a Galeria de Imagens simplesmente some. Inicialmente visto em smartphones da Samsung (mas já registrado em outras marcas também), a mudança é essencialmente igual: ou todas as fotos e vídeos somem, ou os registros mais recentes que você salvou não são exibidos.

A boa notícia é que o sistema não “deletou” nada. Os arquivos ainda estão no armazenamento interno do aparelho — apenas não estão sendo exibidos. Uma notícia melhor ainda é: recuperá-los é relativamente simples, não requer nenhum conhecimento mais técnico e nem a instalação de aplicativos externos. Vamos lá?

Bug que 'esconde' a mídia do smartphone apareceu pela primeira vez no Android Oreo, mas ainda persiste em versões posteriores

O famigerado “.nomedia”

Em sua essência, o processo é simples: abrir o armazenamento interno do aparelho, identificar um arquivo chamado “.nomedia” e deletá-lo. Há duas formas de fazer isso. A primeira, pelo próprio smartphone. A segunda, por um PC. Não há diferença entre nenhuma das formas, então os passos abaixo servem para ambas.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A primeira coisa a ser feita é abrir o aplicativo de gerenciamento interno do aparelho. Smartphones mais atuais já contam com esse acesso de fábrica (geralmente, nas pastas que levam o nome da fabricante), enquanto os mais antigos exigem o uso de um PC conectado ao celular via USB. Ao acessar essa tela, certifique-se de que os arquivos de sistema estejam visíveis (Configurações > Exibir arquivos ocultos/de sistema — a descrição varia de aparelho para aparelho).

Após isso, clique em “Armazenamento Interno”. Isso dará acesso ao conjunto de pastas principais do seu celular Android. Rolando a tela até o final, você encontrará o arquivo “.nomedia”, que deve ser excluído. Essa parte do processo pode ser feita pelo próprio celular ou pelo PC (via conexão USB). Vale lembrar: o “.nomedia” se repete em várias pastas internas, mas você não precisa se preocupar com nenhum deles, salvo aquele encontrado na pasta principal. Mais abaixo, explicaremos a utilidade desse arquivo (sim, acredite, tem utilidade).

Abra o gerenciador do seu aparelho na pasta do fabricante para acessar as pastas do sistema operacional
Dentro da pasta geral de armazenamento interno, você encontrará o arquivo '.nomedia', o qual deve ser deletado

Após excluir o arquivo da pasta principal do armazenamento interno, feche o gerenciador e abra as configurações do seu aparelho. Uma vez nessa tela, busque a opção de gerenciamento de aplicativos (novamente, varia de aparelho para aparelho, mas você procurar por algo na linha de “Aplicativos e Permissões” ou “Aplicações Instaladas”). Dentro dessa página, encontre a opção “Armazenamento de Mídia”. Se você não a encontrar logo de cara, veja se a exibição de arquivos de sistema está habilitada, pois alguns aparelhos “escondem” essa pasta também. Lá, clique em “Armazenamento e Memória” e, em seguida, “Limpar Cache” e “Limpar Dados”.

Depois de fazer tudo isso, reinicie o seu aparelho e pronto! Sua galeria está de volta, com todas as imagens e vídeos. Caso não tenha dado certo, basta repetir o processo. É importante ressaltar, porém, que o '.nomedia' é parte importante do Android e, como tal, o sistema operacional está sempre reagrupando ou movimentando esse arquivo entre as pastas. A razão para isso é ajudar o sistema a acelerar suas próprias leituras. Assim sendo, o '.nomedia' que você deletou pode acabar voltando e você terá que realizar esse procedimento mais uma vez.

Depois de apagar o arquivo, você deve limpar o cache do seu sistema
Não esqueça de reiniciar seu aparelho após limpar o cache para que as mudanças surtam efeito

Mas, afinal, para que serve o “.nomedia”?

O arquivo “.nomedia”, embora aqui pareça mais uma dor de cabeça para usuários Android do que uma utilidade do sistema, não existe à toa. Essencialmente, o intuito dele é tornar o seu aparelho mais veloz. Uma pasta que contém esse arquivo recebe dele a “ordem” de não indexar arquivos de mídia pelos players — internos ou não — dentro do seu aparelho. Isso torna o processamento mais veloz por acelerar as leituras de arquivos, uma vez que, ao ler o “.nomedia”, o próprio sistema se encarrega de passar batido pelas mídias presentes naquela pasta, não indexando-os em leituras de players.

Neste caso, o “.nomedia” estava “ordenando” o Android a não relacionar as pastas dos álbuns de galerias de imagens e vídeos (algo que impede, por exemplo, a “conversa” da galeria com outros apps: pense naquela imagem que você quer enviar a um contato via WhatsApp, mas não consegue selecioná-la mesmo sabendo que a salvou). Evidentemente, não queremos isso. Contudo, nas pastas internas, os “.nomedia” ali presentes impedem a exibição de arquivos de mídia desnecessários nos reprodutores.

Tem alguma outra dificuldade com o seu aparelho e quer nossa ajuda para resolvê-la? Conte pra gente nos comentários abaixo e vamos pesquisar as informações necessárias, reunindo tudo em um tutorial bacana para facilitar a sua vida!

Fonte: Canal Tech

Nenhum comentário

Comentários Facebook