Samsung inicia Beta do Android Pie, saiba o que fazer para se preparar

Samsung inicia Beta do Android Pie, saiba o que fazer para se preparar
Tudo sobre

Samsung

A Samsung marcou para este mês de novembro o início dos testes do Android Pie no Samsung Galaxy S9 e S9+. Junto com a nova versão do sistema operacional, chega também a One UI, a nova versão da interface proprietária da marca, permitindo que os usuários deem uma bela de uma olhada no futuro dos dispositivos, mesmo que em uma edição que ainda possa conter bugs e problemas de funcionamento.

Na etapa inicial, que é aberta e gratuita a todos os donos do Samsung Galaxy S9 que quiserem participar, apenas três países receberão o Beta: Estados Unidos, Coreia do Sul e Alemanha. A fabricante promete adicionar mais regiões aos testes até o final deste ano, ou seja, ao longo das próximas semanas, e a expectativa é que o Brasil, um mercado tão importante para a marca, esteja em uma das próximas levas de liberação.

O processo de atualização do sistema operacional pode ser relativamente simples de se executar, bastando baixar o update e realizar a instalação, mas, como estamos falando de uma versão Beta, problemas inesperados podem acontecer. É melhor se preparar para eles e, justamente por isso, preparamos desde já uma lista de itens que precisam ser cumpridos caso você queira garantir uma transição potencialmente mais tranquila para o Android Pie.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Faça backup

Aplicativos como o Smart Switch ou o Samsung Cloud podem ser usados para armazenar todos os dados do celular de uma vez

Esta recomendação, se possível, estaria piscando em sua tela e com uma fonte bem maior que este subtítulo permite. Realizar o armazenamento das informações contidas no aparelho é uma medida necessária não apenas durante atualizações de sistemas operacionais, mas a qualquer momento da vida, pois pode minimizar a perda de dados devido a problemas de software ou hardware, além de perda ou roubo dos dispositivos.

A própria Samsung oferece duas soluções voltadas diretamente para esse fim. A primeira e principal delas é o Smart Switch, um aplicativo para PC que é capaz de realizar o backup de todas as informações contidas em um aparelho. Basta conectar o celular à máquina e aguardar o processo de salvamento dos arquivos, que pode demorar mais ou menos de acordo com a quantidade de dados disponíveis. O software é capaz de armazenar tudo, desde fotos, arquivos e histórico de aplicativos até SMSs, configurações e a disposição dos ícones na tela inicial.

Quem preferir a nuvem também pode usar o Samsung Cloud, solução da própria fabricante que, como o nome já diz, armazena os dados na nuvem. Basta conectar o aparelho com uma conta da empresa e aguardar enquanto a própria plataforma faz todo o trabalho de upload dos dados, da mesma forma que acontece com o Smart Switch. Em caso de problemas, basta baixar o backup novamente para retornar o dispositivo à velha forma.

Quem preferir, também pode ter acesso a outras soluções de backup manual ou não. O Google Fotos, por exemplo, é capaz de armazenar automaticamente, na nuvem, as imagens e vídeos de um dispositivo, enquanto plataformas como Dropbox e OneDrive podem ser utilizadas para fazer o mesmo em relação a arquivos de backup ou outros dados do celular.

Atualize todos os aplicativos

Beta do Android Pie para o Samsung Galaxy S9 começa em três países e pode chegar em breve ao Brasil

Updates de sistema operacional costumam causar problemas mesmo depois do lançamento, devido ao fato de desenvolvedores de apps e plataformas nem sempre caminharem no mesmo ritmo. Sempre que uma nova versão do Android é lançada, ou na antecipação a isso, é comum vermos uma enxurrada de atualizações de aplicativos sendo baixada e, com o Android Pie, não deve ser diferente.

Desde já, a Samsung já recomenda fortemente a atualização de soluções como o Pay, Notes, Cloud e outros de seus serviços proprietários antes de qualquer atualização do sistema operacional, e o mesmo vale para todas as outras soluções presentes nele. Dê uma passada na Play Store e realize o processo assim que baixar a Beta do Android Pie, para garantir ter sempre a última versão de tudo o que está instalado no aparelho.

Atenção à bateria

Quem tem power bank não tem medo desse ícone

Um dos principais problemas encontrados em atualizações preliminares dessa categoria está relacionado ao consumo de bateria. Em versões Beta desse tipo, a energia de um aparelho pode ir embora bem rapidamente, então é preciso ficar de olho nisso após o update para a Beta do Android Pie.

Caso você dependa do celular para trabalhar, estudar ou qualquer outra atividade diária, é mais seguro esperar ou, então, garantir uma bateria portátil antes de iniciar o processo. Assim, você fica protegido de eventuais problemas energéticos e pode testar com tranquilidade a nova versão do sistema operacional.

Qualquer coisa, é só voltar

Beta do Android Pie permite o downgrade e você pode retornar às versões finais em caso de problemas

O processo de downgrade de um aparelho não é dos mais fáceis, mas pode ser necessário caso os bugs do Android Pie tornem seu aparelho inutilizável. As chances disso acontecer são pequenas, já que todo um trabalho é feito, justamente, para evitar problemas desse tipo, mas somente a possibilidade é suficiente para fazer com que você permaneça vigilante e, caso necessário, retorne à edição antiga para restabelecer o funcionamento normal.

No caso do Samsung Galaxy S9, entra na dança, mais uma vez, o Smart Switch. O software é o responsável não apenas por fazer o backup dos dispositivos, mas, também, por devolver a eles a versão final mais recente do Android em caso de problemas. Basta conectar o smartphone pelo cabo USB, pressionar o botão “Atualizar” e aguardar o processo de retorno do seu celular à vida normal.

Pense um pouco

Quem precisa do celular para atividades de trabalho, por exemplo, pode preferir esperar o lançamento da versão final do Android Pie (Imagem: Divulgação/Samsung)

Como dito, testes Beta são voltados para garantir que uma aplicação ou sistema operacional funcionem como deveriam uma vez que sejam liberados para todo o público. Por mais que as desenvolvedoras tomem o cuidado para evitar que problemas aconteçam na atualização, eles podem existir e, por isso, a participação em experimentos assim não é recomendada para todos.

Caso você dependa do celular no seu dia a dia ou esteja em qualquer situação em que ele não possa ter problemas em hipótese alguma, é melhor aguardar. Da mesma forma, se não tiver intimidade com ferramentas de backup ou downgrade, vale o mesmo, a não ser, é claro, que você tenha um guia como este do Canaltech e decida ir mais a fundo nas ferramentas que indicamos aqui.

Tudo tem dois lados e cada escolha é uma renúncia, como dizia o poeta. Em troca de usar antes de (quase) todo mundo o Android Pie com a nova interface da Samsung, você também fará parte de um grupo de pessoas que representa a primeira linha de frente no caso de problemas sérios com o sistema operacional. Vale a pena? A resposta fica a seu critério.

Fonte: Canal Tech

Nenhum comentário

Comentários Facebook